Segup e Uepa assinam convênio para criação de Mestrado para agentes da Segurança Pública

Segup e Uepa assinam convênio para criação de Mestrado para agentes da Segurança Pública

8 de junho de 2021 0 By adminiesp

Programa será ministrado nas dependências do Instituto de Ensino de Segurança do Pará (Iesp), em Marituba, com o corpo docente da Universidade do Estado (Uepa)

A valorização dos servidores da Segurança Pública reuniu, na manhã desta quinta-feira (13), os representantes da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) e da Universidade do Estado do Pará (UEPA), para a assinatura de um convênio, entre as instituições, que assegura a oferta do curso de Pós-Graduação, em nível de Mestrado, para os alunos inscritos no Curso Superior de Polícia e Bombeiro Militar (CSPBM), do Instituto de Ensino de Segurança do Pará (Iesp).

Participaram da reunião que formalizou o convênio, o secretário estadual de Segurança Pública, Ualame Machado; o reitor da Universidade do Estado do Pará (Uepa), Rubens Cardoso; a diretora do Centro de Ciências Naturais e Tecnológicas do Mestrado – PPGTEC, Eliane Coutinho; o diretor do Instituto de Ensino de Segurança do Pará, Cel.BM Antonio Bentes; e o coordenador Jurídico da Segup, Márcio Emídio. 

O convênio firmado tem o objetivo de aprimorar, qualificar e aperfeiçoar o quadro dos agentes de segurança pública que fazem parte do Curso Superior de Polícia e Bombeiro Militar (CSPBM), ofertado pelo Iesp. Serão beneficiados policiais militares, bombeiros e policiais civis, esses últimos na categoria de delegados. 

O secretário de Segurança Pública do Estado, Ualame Machado, destacou a importância do convênio Inédito com a Uepa, com o propósito da continuidade da valorização dos servidores. “A nossa gestão sempre prega, oferece os melhores equipamentos e matérias de trabalho, também nos importamos com a qualificação e capacitação dos nossos agentes, em razão disso, estamos implementando algo inédito no sistema de segurança pública, juntamente com a Uepa”.

Machado enfatizou que a oferta do Mestrado, de forma gratuita, aos alunos do Curso Superior de Policia e Bombeiro Militar (CSPBM), busca ampliar ainda mais a capacitação dos servidores da Segurança Pública, “tendo em vista, que o CSP tem um nível de especialização lato sensu, já o mestrado virá como uma novidade, uma oportunidade maior de graduação e qualificação, dando continuidade ao compromisso do Governo do Estado, que de forma geral, trabalha para a valorização dos seus servidores, em especial os que atuam na segurança pública”, destacou o secretário.

O reitor da Universidade do Estado do Pará, Rubens Cardoso, enfatizou a convergência de interesses e objetivos entre a Segup e a Universidade do Estado do Pará, com a formação do quadro dos servidores do Estado. “Nessa área especifica, é importante fortalecer esse processo de qualificação, tanto para desmitificar os profissionais de segurança, que têm uma imagem ligada mais a força do que a formação acadêmica. Com essa oferta de qualificação estaremos ampliando o leque de formação desses servidores, que necessitam também, de um aprimoramento e de um conhecimento maior na área das pesquisas científicas, proporcionando assim, uma melhoria na atuação técnica e profissional desses agentes de segurança”.

“O papel da Universidade é, sobretudo, estar mais próxima das ações do Estado, principalmente, as que envolvem a sociedade como um todo, especialmente para contribuir com aspectos sociais no que tange à segurança pública, saúde, educação, entre outras (áreas)”, ressaltou o reitor da Uepa, Rubens Cardoso.

Formação – O Mestrado será ministrado nas dependências do Instituto de Ensino de Segurança do Pará (Iesp), em Marituba, pelo corpo docente da Uepa, que integra a Pós-Graduação, em nível de Mestrado do Curso de Tecnologia, Recursos naturais e Sustentabilidade na Amazônia (PPGTEC).

Serão disponibilizadas 10 vagas para o programa. A seleção para participar do programa, será realizada entre os 105 alunos que participam do Curso Superior de Polícia e Bombeiro Militar (CSPBM) iniciado este ano, no Iesp.

 “A ideia é oportunizar o curso para quem ainda não tem formação, nesse tipo de graduação, dentre o quadro de alunos do Curso Superior de Polícia e Bombeiro Militar (CSPBM). Nosso objetivo é o de aumentarmos o nosso portfólio de docentes, e também exigir esse credenciamento de todos para que possamos ter uma grade de professores mais qualificada, para dar ainda mais valor aos cursos que ofertamos”, falou o diretor do Instituto de Ensino de Segurança do Pará, Cel.BM Antonio Bentes.

Por Walena Lopes (SEGUP)