Visita do secretário da SAGO aos integrantes da Força Nacional no IESP

Visita do secretário da SAGO aos integrantes da Força Nacional que ficarão hospedados no IESP

Ocorreu na terça-feira, 27 de agosto, no auditório do Instituto de Ensino de Segurança do Para (IESP) a visita do Secretário de Segurança Pública Adjunto de Gestão Operacional - SAGO, DPF Rômulo Rodovalho, para apresentação dos 80 integrantes da Força Nacional de Segurança Pública que ficarão alojados no IESP durante as ações do projeto “Em frente Brasil” lançado pelo governo federal para o enfrentamento à criminalidade violenta em cinco cidades, uma em cada região do país, no norte em Ananindeua (PA), no nordeste em Paulista (PE), no Sudeste em Cariacica (ES), no Sul em São José dos Pinhais (PR) e no Centro-Oeste em Goiânia (GO).

Nas regiões serão efetuadas ações de policiamento ostensivo para a preservação da ordem e segurança pública. A Força Nacional de Segurança Pública atuará também com o reforço de Polícias Federal, Rodoviária Federal, Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, Guardas Municipais e Agentes de trânsito dentro de estratégias específicas de policiamento ostensivo, inteligência, investigação criminal e operações integradas.

 

Sobre o Em Frente Brasil

O Em Frente Brasil é um projeto piloto de enfrentamento à criminalidade violenta que consiste na articulação entre a União, os Estados e Municípios para a redução de crimes violentos - em especial os homicídios - com foco territorial em áreas de concentração desses indicadores. O objetivo é implementar um conjunto de ações multidisciplinares e transversais nas áreas de educação, esporte, lazer, cidadania, cultura, empreendedorismo e outras, a partir de diagnósticos locais que identifiquem os fatores socioeconômicos que tenham correlação com a incidência criminal, fundamentando-se nessas evidências a elaboração de planos integrados de ação com responsabilidades concretas para cada um dos três entes federados, com a proposição de indicadores e metas customizadas ao território.

O projeto foi desenhado a partir da análise de experiências nacionais e internacionais exitosas, buscando-se reunir os elementos comuns e alcançar, como resultado, não só a redução de crimes violentos, mas também a transformação socioeconômica do território com a anulação ou redução considerável dos fatores que estejam vinculados à incidência criminal.

Por: Adrielly Araújo