Projeto Social Reviver realiza jogos desportivos e cerimonia de confraternização

Projeto social Reviver

"O projeto reviver fez eu reviver. Fez eu descobri que eu estou viva!". Cheia de entusiasmo dona Maiza de Jesus fala sobre a felicidade que sente em participar do projeto. Uma das pacientes do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Maiza possui transtornos mentais e conta que as atividades realizadas contribuem de maneira eficaz na melhoria do seu quadro clínico. "Isso aqui faz parte do meu dia a dia, faz eu melhorar bastante. Quando eu não venho para cá, parece que nada fica bom. Estar aqui é uma terapia para mim, 50% é o remédio,  50% é isso aqui ", afirmou.

Cerca de 40 idosos são atendidos no projeto social Reviver realizado pelo Instituto de Ensino de Segurança do Pará (IESP). Todas as terças e quintas-feiras os idosos praticam diversas atividades físicas e recebem atendimento médico, odontológico e psicológico.

O Reviver foi criado em 2004 pelo Corpo de Bombeiro Militar do Pará (CBMPA) e recebeu inicialmente o nome de "Erovida". O projeto funcionou por muitos anos sob responsabilidade do 25º Grupamento Bombeiro Militar de Marituba (GBM). Em 2019, passou a ser coordenado pelo IESP que, assim como o CBMPA, visou proporcionar uma vida mais saudável, contribuindo efetivamente para o bem-estar social, físico e mental dos idosos. Além de disponibilizar conforto e ampla estrutura física e operacional voltada para atender os participantes.

Durante a semana foi realizado no IESP a confraternização e os Jogos desportivos do projeto social com competições de vólei de praia, cobrança de penalidades, corrida de balde e dança de salão. As atividades visaram gerar o fortalecimento e integração entre os idosos

Envolvida pelas comemorações, dona Iracema Santana, conta que se sente muito feliz em participar do projeto. "Eu já era feliz, agora eu estou mais feliz! Nosso projeto já era bom, agora ficou melhor, com esse apoio que estamos recebendo desse instituto que Deus colocou nas nossas vidas. Somos muito bem tratadas e acolhidas aqui", relatou.

Para Maria Margarida, depois que começou a participar do reviver passou a conhecer mais sobres os direitos dos idosos. "Eu adquiri muito conhecimento, passei a conhecer meus direitos, aqui a gente se sente valorizada e respeitada", explicou. 

Ao final das atividades o diretor do IESP, Coronel BM Antonio Bentes, proferiu, em suas palavras, que é uma honra oferecer a eles uma qualidade de vida melhor e que a troca de experiência é muito contributiva para todos. “Todos nós ganhamos muito com o projeto. Vocês contribuem para nossas vidas com toda à experiência e vivencia de vocês”. Concluiu agradecendo à toda equipe responsável pelo projeto e destacou que o próximo ano terá novidades. 

O sentimento de gratidão é visível no semblante de todos os participantes. Seu Raimundo Pereira deixa claro o amor que tem pelo projeto. "O reviver nas nossas vidas é um projeto muito bom. A gente não fica mais em casa, sozinho, sem conversar. Aqui a gente ri e conversa. Para mim tá sendo muito bom, é uma felicidade. O reviver é vida, eu agradeço muito por estar aqui”. Concluiu o idoso. 

Equipe do Vôlei de Praia    Vôlei de Praia

Corrida de balde     Corrida de balde

Cobrança de penalidades      Cobrança de penalidade

competições     Subtenente PM Nascimento - Educador Físico

Campeões da corrida de baldes     Campeões das competições dança

competições       equipe campeã

Equipe médica que atende o projet    Apresentação de carimbó

Veja mais fotos na galeria de imagens, acesse: http://www.iesp.pa.gov.br/pt-br/node/396

  Texto e Fotos: Adrielly Araújo